Áreas de atuação

Tumores de Garganta (Faringe e Laringe)

Tumores de Garganta (Faringe e Laringe)

O câncer de garganta é caracterizado pela presença de um tumor maligno que acomete as principais estruturas da região, faringe e laringe.

Tumores na Laringe / Tumores na Faringe

Tumores na Laringe

O que é?

O tipo mais comum de câncer na laringe é o carcinoma das células escamosas, o qual atinge, principalmente, a glote. A faixa etária em que predomina o surgimento da doença é entre 50 e 70 anos.

Fatores de risco

Os principais fatores de risco ao desenvolvimento da doença são tabagismo e consumo abusivo de álcool. Além disso, o refluxo gastroesofágico também pode estar ligado.

Diagnóstico

Para o diagnóstico, é necessário uma avaliação médica, a fim de avaliar as queixas e sintomas apresentados, bem como o histórico do paciente e verificar os principais fatores de risco (tabagismo e alcoolismo).

Além disso, é preciso realizar uma análise do tecido, para verificar se o tumor é benigno ou não, a partir da biópsia. Pode ser solicitada também a laringoscopia direta e indireta para visualizar a região acometida . Assim é possível diagnosticar a gravidade da lesão e definir o tratamento mais adequado.

Tumores na Faringe

O que é?

A Faringe pode ser dividida em três regiões: orofaringe, nasofaringe e hipofaringe.

O câncer de nasofaringe localiza-se atrás da cavidade nasal e trata-se de um tipo raro da doença, enquanto o de orofaringe acomete a região da garganta localizada atrás da boca.

Fatores de risco

Assim como para os tumores na laringe, os principais fatores de risco ao desenvolvimento do câncer na orofaringe são tabagismo e consumo abusivo de álcool.

Além disso, o HPV (Vírus do papiloma humano) tem tido cada vez mais relação com o câncer de orofaringe e tal fator pode interferir na evolução apresentada pela doença, em casos nos quais o desenvolvimento do câncer é resultado da presença do vírus, pois os tumores induzidos por tabagismo e consumo excessivo de bebidas alcoólicas, geralmente, apresentam pior evolução.

Em relação ao câncer de nasofaringe, é importante ressaltar que nem sempre possuem relação com o tabagismo e alcoolismo e a maioria dos casos tem ligação com fatores virais, genéticos e ambientais relacionados. Inclusive, há estudos que apontam o vírus Epstein-Barr (EBV) como causa ao desenvolvimento do carcinoma de nasofaringe.

Diagnóstico

Para o diagnóstico, é essencial avaliar os sintomas e o histórico do paciente, além de analisar se possui alguns dos hábitos (tabagismo e alcoolismo) que estão entre os principais fatores de risco.

Além disso, é preciso realizar uma biópsia, para analisar a malignidade do tumor. Podem ser solicitadas também a tomografia, ressonância magnética e exames de raio-X. Assim é possível diagnosticar a gravidade da lesão e definir o tratamento mais adequado.

Tratamento dos tumores de garganta

A indicação do tratamento para o câncer na faringe requer uma avaliação da localização, extensão e estadiamento do tumor. Quando diagnosticado precocemente ou em fases iniciais, as chances de cura aumentam, podendo chegar até 90% em casos iniciais.

Os tratamentos existentes para a doença são a cirurgia, a qual pode ser aberta, a laser ou robótica, radioterapia e quimioterapia. Na maioria das vezes, o tratamento é basicamente cirúrgico ou radioterápico e, em casos mais avançados, indica-se a associação entre o procedimento cirúrgico com radioterapia ou com a quimioterapia e a radioterapia.

No caso da laringe, vale destacar que existem os protocolos de preservação de órgão – tratamentos que prezam pelo cuidado, a fim de não apresentar danos. Portanto, a avaliação inicial é bastante importante na determinação do tratamento mais adequado. As opções cirúrgicas são: aberta e endoscópica.

A Laringectomia total é o nome dado ao procedimento no qual há a remoção da laringe. Trata-se de uma cirurgia indicada somente nos casos em que outras formas de tratamento não obtiveram resposta satisfatória.

É importante ressaltar que os linfonodos do pescoço também devem ser tratados, pois são locais frequentes de metástases.

Nunca pare de aprender

Áreas de atuação
Conheça os Profissionais

Tire as suas dúvidas

Entre em Contato

Entre em Contato

1148619649

Mande uma mensagem

11 93236-4881

Envie um e-mail

atendimento@oncocp.com.br

Faça uma visita

Rua Pirapitingui, 80 Sala 1402/1404 • Ed. Escritórios Vergueiro • Liberdade • SP

Ainda tem alguma dúvida?